sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Um pedaço de mim

Recebi um email, de uma leitora querendo saber um pouco mais sobre mim...
Então resolvi fazer um resuminho!

Meninas moro no Interior de São Paulo, próximo a Campinas, tenho 21 anos, sou separada e tenho 2 filhas.

Me casei com 15 anos, super nova eu sei!
Foram quase 5 anos com a mesma pessoa, o pai das minhas filhas, fazem 1 ano e 6 meses que sou separada. Desde então prometi pra mim que iria viver em sonhos, buscar meu objetivos, tentar chegar onde eu jamais imaginaria, ai começou a minha batalha. Minha primeira meta era conseguir um emprego, porque eu morava em São Caetano do Sul - ABC Paulista. E Deus foi tão bom comigo que em pouco tempo me deu um emprego ótimo... Depois do emprego era conquistar minha Habilitação, pra ter mais independência e poder nos finais de semana sair com minhas filhas, numa tremenda correria eu CONSEGUI!
 Daí pra frente jurei que ser Feliz iria ser minhas 1° Prioridade, e fui a luta, trabalhando, sustentando minhas filhas, estudando, cuidando das Crianças e ainda arrumando animo pra sair com os amigos!

Então como vi que minha vida não seria fácil, fui a luta e correndo sempre atras dos meus objetivos, e me apaguei a minha família.


Com isso vi que tinha a força que precisava pra ser feliz, e conquistar meu espaço.
Em seguida veio meus amigos, que me deram mais força ainda, sempre me levando pra esquecer meu problemas e sempre me fazendo rir, me divertir, curtir, dança e me dando conselhos mais nunca se intrometendo na minha vida. É bom que nesse tempo eu fiz uma coleção de amigos, me ensinaram a ter vontade de viver, me ensinaram os valores da família, da amizade, da felicidade e de tudo que é bom na vida!

Em seguida disso veio meu aniversário, e no Ano que me separei fiz uma promessa que nunca mais iria deixar de comemorar meu aniversário, nunca mais mesmo, porque eu tenho um irmão que fazer aniversário no mesmo dia que eu, e há uns anos atras ele tomou um tiro de bala perdida e detalhe no dia do nosso aniversário (sabe aquela de estar no lugar errado na hora errada?) Jurei a mim que nunca mais passaria longe dele, e sempre iria comemorar, sempre!
Foi então onde batalhei pra fazer minha festa de 20 anos, aluguei uma chácara, fui atras de tudo pra fazer o melhor pra todos!!!! Consegui reunir meus amigos, meus familiares, e todos que estava do meu lado!


E então a luta não parou veio as datas comemorativas, novos amigos e então achei que estava apaixonada, comecei a viver aquilo com o coração, mais sabe quando você vê que não vai da em nada? pois é isso que achei e logo fui atras de colocar um fim em tudo, e quanto mais o dia passava mais tinha vontade de viver. Quando o fim veio acreditem não foi fácil, chorei, sofri ate emagreci, mais quando dei por mim estava mais linda e tinha mais a curti, fui lá cortei o cabelo, fiz mechas loiras e comecei a curti muito mais.


Construi algumas amizades que levarei eternamente e com algumas aprendi que não confiar sempre em qualquer pessoa, mais independente dos tombos da vida, estava sempre sorrindo, mesmo estando sofrendo tinha aquele super sorriso no rosto, e acreditem esse sorriso incomoda e machuca as pessoas que lhe fizeram mal, achando que fosse te deixa triste ou pra baixo com isso aprendi um lema " Quem me vê, me vê sorrindo e vai ser sempre assim". Chorar so se for de emoção ou de alegria, e saiba que pra conseguir see assim não é fácil, uma coisa que não guardo dentro de mim é raiva, é tristeza porque? daqui a pouco conto o porque comecei a dar mais valor em minha própria vida.

SEMPRE SORRINDO


Agora o porque eu aprendi a me priorizar, porque nada na vida da gente vem fácil, um domingo lindo em dezembro de 2013, eu saio de casa cheia de raiva, porque meu Ex marido meu faz passar, sai completamente tomada, pela raiva e todos os sentimentos negativos, simplesmente como a musica me acalma coloquei um fone de ouvido e sai de casa assim fui andar no centro da cidade, mais meninas tava com tanta raiva que fiquei literalmente cega, peguei pensei eu fica andando igual zumbi na rua não vai diantar em nada, resolvi voltar pra casa, e temos um lugar pra cortamos caminho, onde é necessário passar por uma ponte e uma linha de trem, e naquele momento com o fone vim embora, desci umas escadas que tem para chegar na linha do trem, quando fui descer a segunda fase de escadas, senti uma mão no meu braço, quando olho pra trás uma senhorinha, e nisso que olho passa o trem por mim, gente de desse mais 1 passo eu morreria. Depois daquilo tirei o fone e continuei meu caminho e comecei a pensar, vale a pena desperdiçar qualquer minuto da sua vida com sentimentos ruins? Não vale! todos os momentos ruins vem pra ensinar e fazer nós vivermos com mais intensidade os felizes, por isso que eu priorizo o sorriso no rosto!


Como disse um pedaço de mim!
Então a segunda parte em breve posto pra vocês!
Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário